A Hora dos Naturebas 2

Recebo o aviso de que a Feira Naturebas desse ano vai se “reinventar”, como tanta coisa nestes tempos, não é?

Bacana! A feira vai para sua 8ª. edição e continua sendo um momento único de reunião das várias iniciativas que surgem em torno dos vinhos naturais, orgânicos e biodinâmicos.

Já são 250 produtores de vários países, mas, como diz Lis Cereja, uma das criadoras e coordenadora do evento, não vai ser só com a possibilidade de comprar vinho direto dos produtores que a Naturebas 2020 vai surpreender você. Esse ano, para a feira acontecer dentro dos limites impostos pela pandemia, a ideia é combinar eventos online e alguns momentos (bem pontuais e protegidos) offline. Uma plataforma vai ser colocada à disposição não apenas dos consumidores/leitores, mas de um time de especialistas que vão produzir conteúdo exclusivo e dar aulas como parte do programa.

O consumo de vinhos naturais e biodinâmicos tem a cara de um novo consumidor, mais consciente, mais ligado nas implicações ecológicas de todas as nossas escolhas. Apesar de ainda provocar muita discussão -- o que é vinho biodinâmico? todo vinho natural é biodinâmico? e orgânico? e sustentável? (um dia ainda fazemos esse post...), os rótulos produzidos de forma mais natural e respeitosa com a terra, com a uva, com o vinhedo, já são parte integrante do cardápio planetário de vinhos.  Na França, já representam 14% da produção, Itália e Espanha vem logo atrás. Em 2018, o Château Angélus, um dos 4 Premiers Grands Crus Classés A de Saint-Emilion decidiu cultivar todos os 42 hectares de vinhedos segundo as determinações mais recentes da agricultura biológica, lembra? Foi o primeiro. Devem vir outros. Vamos aguardar as próximas safras.
 
À medida em que caem no gosto do amante de vinhos, os “bios” também ganham regras e padrões que garantem sua qualidade. Na França, agora em março, foi lançado um selo “vinho produzido segundo o método natural”. Para ganhar o selo, o vinho precisa seguir 12 determinações, veja só:

·      100% das uvas devem ser cultivadas segundo os princípios da agricultura bio

·      A colheita deve ser manual

·      Apenas leveduras indígenas

·      Nenhum insumo

·      Nenhuma ação de modificação voluntária da constituição da uva

·      Nenhuma técnica agressiva

·      Nenhuma adição de sulfitos nem antes nem depois da fermentação (possibilidade de ajuste da ordem de SO2<30mg/l H2SO4 total antes do engarrafamento, desde que com uma etiqueta identificadora)

·      Identificação clara com etiqueta especial da safra que não seguir das determinações “vinho método natural”

Além dessas, os produtores se comprometem a usar o logo, a compartilhar informações e a colocar a carta sempre à vista do consumidor


Pois é, caminhamos bastante na produção de vinhos mais naturais. Muito trabalho a fazer. E a oportunidade de ver o que anda acontecendo graças à feira Naturebas 2020. Vamos?

E prá não dizer que eu não estava lá há tempos acompanhando o trabalho bonitos dessa turma, leia meu relato feito na 4ª. edição da feira...A Hora dos Naturebas!

Na nossa adega você encontra alguns vinhos orgânicos, incluindo o Bilogia Crianza, um orgânico espanhol que vale a pena experimentar. Venha navegar pela nossa adega!  

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo, por Ricardo Bohn Gonçalves. Nossa vocação é procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços e oferecer a melhor curadoria para orientar a sua escolha.

Para receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email e seu número de Whatsapp ao lado.

Além de poder comprar seus vinhos por email e por Whatsapp, você também pode escolher seus rótulos favoritos navegando pela nossa adega.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br