Molho de tomate + Chianti: será que harmoniza?

Pense em spaguetti, por exemplo, e imediatamente a imagem de um rico e elaborado molho de tomate vai ocupar sua imaginação (e acender suas papilas gustativas!). De fato, nos molhos da culinária italiana, o tomate é um dos ingredientes que aparece em infindáveis variações.


E qual seria o “vinho coringa” para abrir na hora da tradicionalíssima macarronada?


Tomates são ácidos e, como regra geral, você deve escolher um vinho que seja tão ou mais ácido que o prato, para que ele não “desapareça. Ou seja, no mundo do vinho, acidez harmoniza com acidez.


Por conta disso, os Chiantis, e outros vinhos regionais produzidos a partir da uva Sangiovese, acompanham tão bem os ricos (e, às vezes, até pesados) molhos de tomate tão típicos da culinária italiana. A uva consegue dar origem a vinhos com boa estrutura, acidez elevada e taninos moderados a firmes.


Na hora da macarronada, pode imitar os italianos: peça um Chianti!

 

Leia mais:

Guia de Harmonizações
Os top sommeliers das Américas e onde você pode encontrá-los
Dicas para servir um vinho com a elegância de um profissional
Descobrindo Montepulciano 

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br