Os desafios dos BBs

Já falamos aqui algumas vezes neste blog sobre BBs, os vinhos bons e baratos. Vinhos para acompanhar a pizza do domingo, para abrir geladinho quando um amigo dá uma passadinha, para tomar no jantar ouvindo sua playlist favorita.

Para mim, encontrar esses rótulos, mais do que um desafio pessoal, é a missão da RBG. Mas, ainda que não fosse, conseguir experimentar um vinho que custou barato e descobrir que ele também é bom, é um desafio...e um prazer!

Pessoalmente, um critério que sempre uso é o teor de álcool. Vinhos baratos devem ter pouco álcool, no máximo 14%, menos até. E nada de procurar safras antigas, esse vinho para o dia a dia em geral é chegar e abrir. Não deve esquentar na adega. Tem que ser assim mesmo, vinho ‘facilzinho’. Outra regrinha de ouro é tomar cuidado com os excessos de manipulação. A ciência e a tecnologia podem (quase) tudo e conseguem disfarçar muitos defeitos de um vinho. Isso faz parte e a introdução de aditivos é uma prática quase tão antiga quanto o processo de vinificação. Mas, alto lá com os exageros! Também já falamos de alguns deles por aqui. Lembram dos Chardonnays

Aos poucos, você vai conseguindo identificar as boas ofertas e aí, não compre só uma garrafa, compre a caixa.  

Para relembrar:

Acabamos de conversar há algumas semanas sobre os BBs que são produzidos por grandes vinícolas e como isso é uma espécie de ‘selo de qualidade’ informal, claro, mas que ajuda (e muito!) na hora da compra. Os BBs com atestado de qualidade


E exploramos um pouco a visão contrária. Já ouvi muita gente falando que vinho caro é “marketing”. Pois é, engano. Por trás de um vinho caro, existe uma tonelada conhecimento, um terroir especial e um rigor absoluto na produção. O que torna um vinho caro?


Além de qualidade no processo, a forma como uma videira é plantada também é um fator essencial na qualidade do vinho! Não à toa vinhos que se apresentam como sendo de “vieilles vignes”, ou seja de videiras antigas, em geral, são vinhos mais intensos, mais ricos em aromas e em sabores. A idade da videira como ingrediente surpreendente de um vinho

Navegue na nossa adega para encontrar boas oportunidades de vinhos BBs, que cabem no bolso e no paladar.

Os BBs de RBGVinhos

Os Portillos da Salentein

A linha Trumpeter da Rutini

O português para provar e voltar para comprar mais: Esteva, Casa Ferreirinha

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo, por Ricardo Bohn Gonçalves. Nossa vocação é procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços e oferecer a melhor curadoria para orientar a sua escolha.

Para receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email e seu número de Whatsapp ao lado.

Além de poder comprar seus vinhos por email e por Whatsapp, você também pode escolher seus rótulos favoritos navegando pela nossa adega.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br