Os europeus do Novo Mundo

Velho Mundo, Novo Mundo...num mundo globalizado, essas distinções são a cada dia mais discutíveis. No mundo do vinho, no entanto, elas ainda servem para contar boas histórias de pioneirismo e de obstinação.

Em 1998, Laurent Dassault e Benjamin de Rothschild vieram se instalar na Argentina, na região de Mendoza. Ambos eram proprietários de grandes châteaux em Bordeaux, na França. Dassault, além do château que leva seu nome de família, também é dono do Château La Fleur Grand Cru Saint-Émilion. Rothschild é um nome que costuma dispensar apresentações. A família há séculos comanda um império de châteaux e de domaines que produzem alguns dos mais prestigiados vinhos da França. Mais do que apenas vinhos, são símbolos da arte de fazer vinhos. Château Lafite Rothschild, Château L'Evangile, Château Duhart-Milon, Château Rieussec, para citar alguns.

Você deve estar pensando: o que esses dois vieram fazer aqui? Pois é. Existem duas linhas de explicação. A primeira é econômica, favorita de alguns: as áreas de produção de vinhos do Velho Mundo estão esgotadas, o preço de novas terras é muito caro e o Novo Mundo neste cenário aparece como uma grande oportunidade de investimento e também de fazer bons vinhos. A segunda é de outra ordem: paixão.

Quando vieram para o Novo Mundo, os dois, Dassault e Rothschild, fizeram uma parceria com Michel Rolland, um dos mais célebres enólogos do mundo. Uma crítica (e um dos maiores elogios também) que fazem a M. Rolland é que ele sempre começa a produzir os vinhos que levam sua marca desde o zero. Os produtores que o contratam já sabem o que esperar. Uma revolução.

Não à toa, costumam descrever a empreitada no Novo Mundo desses franceses como movida ao mais puro espírito de aventura e de pioneirismo. Criar a partir do nada um vinho de excelência.

Juntos eles investiram em um terreno virgem e rochoso, aos pés da Cordilheira dos Andes, perto de Mendoza. Dividiram o terrenos em sete partes, cada uma iria produzir um tipo peculiar de vinho. Nascia o Clos de los Siete. Ingredientes do projeto: investimentos maciços, técnicas tradicionais de vinificação, típicas dos grandes Bordeaux, tecnologia de ponta e supervisão metódica e personalista de Michel Rolland.

Foi um sucesso, como nem poderia deixar de ser.

A história do Clos de Los Siete é emblemática, mas outros europeus também fizeram a mesma trajetória e expandiram seus domínios para o Novo Mundo.

Além da Argentina, os Rothschilds têm vinhedos e vinícolas no Chile, na África do Sul, e, mais recentemente, na China! O grupo português Sogrape, dono da Casa Ferreirinha, que produz o Barca Velha, aqui no Chile criou o Château Los Boldos. A Masi, com sede em Veneza, na Itália, que produz uma dezena de vinhos excelentes, e um dos mais incríveis Valpolicellas, o Masi Amarone della Valpolicella Classico Campolongo di Torbe, aqui na América, também apostou na Argentina, mais especificamente no Vale do Tupungato, para fazer seus blends de Malbec: Corbec e Passo Doble.

Sandro Boscaini, o presidente da Masi, certa vez explicou o fascínio que o Novo Mundo exerce sobre os europeus com a frase: a percepção que temos dos vinhos do Novo Mundo é de riqueza – são vinhos substanciais e estruturados. Nós combinamos alma argentina com estilo veneziano. É mágico!

Na adega de RBG você encontra vinhos especiais argentinos, produzidos segundo a tradição europeia, como o Gran Malbec Flecha de Los Andes, produzido por Edmond de Rothschild, dono também do Château Clarke, um Crus de Bordeaux da AOC Listrat-Médoc, na França.

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo, por Ricardo Bohn Gonçalves. Nossa vocação é procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços e oferecer a melhor curadoria para orientar a sua escolha.

Para receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email e seu número de Whatsapp ao lado.

Além de poder comprar seus vinhos por email e por Whatsapp, você também pode escolher seus rótulos favoritos navegando pela nossa adega.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br