Um Nuits-Saint-Georges velho e a mágica da Borgonha

O vinho mais velho que já tomei foi um Nuits-Saint-Georges. Estava visitando as adegas subterrâneas do Domaine Henri Gouges, com o próprio Henri como cicerone. A visita era profissional, apenas para degustar o vinho do ano. Mas a conversa foi ficando boa e Henri começou a se entusiasmar abrindo mais e mais garrafas, de safras cada vez mais velhas. Lá pelas tantas estávamos já no fundo da adega, ele para e aponta para algumas marcas nas paredes: “Aqui", disse, “começava a parede falsa que construímos durante a guerra para proteger nossos vinhos dos nazistas". De uma das prateleiras tirou um Nuits-Saint-Georges de 1936! A primeira coisa que pensei foi que meu pai tinha só 16 anos quando aquele vinho havia sido produzido. E imaginei tudo que tinha precisado acontecer para aquela garrafa estar lá, me esperando...

A região da Borgonha, localizada no centro da França, entre Dijon e Lyon, que os franceses chamam de Côte d'Or, produz alguns dos mais importantes vinhos do mundo.

O lado fácil de entender da Borgonha é que os tintos são produzidos somente com Pinot Noir e os brancos, apenas com Chardonnay. A Côte d'Or é a terra-mãe dessas duas uvas.

Existem 100 Appellations d'Origine Contrôlée (AOCs) na Borgonha, classificadas segundo as características únicas de cada pedacinho de terra: appellations régionales de onde saem vinhos para o dia a dia, appellations villages que recebem o nome do vilarejo ao redor do qual estão os vinhedos, Premiers Crus e Grands Crus, que marcam os vinhos produzidos em alguns terrenos especialíssimos. Estes últimos, além do nome do vilarejo, também trazem no rótulo o nome do vinhedo e a classificação, como, por exemplo, Nuits-Saint-Georges Domaine Aux Perdrix Premier Cru.

A região da Côte de Nuits, a parte ao norte da Côte d'Or, é às vezes chamada de “champs-elysées" da Borgonha. Nessa estreita faixa de terra concentram-se dezenas de appellations que fazem o mundo do vinho sonhar.

Nuits-Saint-Georges é uma dessas appellations, como você já deve ter deduzido. É também o nome da cidade que fica bem no centro da região, considerada a mais importante da Borgonha, depois de Beaune, a capital. Ao menos do ponto de vista do vinho. Embora pequena, é um charme, com seus bons restaurantes, ótimas lojas de vinhos e muita história para contar. Cerca de 90% dos vinhos produzidos na AOC Nuits-Saint-Georges são tintos. Os restantes 10% são brancos. A AOC não produz nenhum Grand Cru, o que para muitos é a maior das injustiças, já que seus Premiers Crus estão entre os melhores da Borgonha.

Já deu para perceber qual é o lado nada fácil de compreender da Borgonha? Ao contrário da grande maioria das regiões produtoras de vinho, ali o que é classificado e regulado é o vinhedo e não o vinho. Mais ainda, é a terra onde as uvas são plantadas que garante o valor do vinho. Os terroirs e seus climats fazem a mágica da Borgonha, garantem os apaixonados! E estamos falando em muitos casos de alguns poucos metros quadrados porque a Côte de Nuits, por exemplo, tem apenas 20km de extensão e em alguns lugares só 200m de largura!! Esse modo de classificação privilegiando o vinhedo e não o vinho é muito discutido, mas eles fazem isso há séculos e não veem razão para mudar.

E, de fato, além da terra, tempo é um fator que conta na Borgonha. A comparação que me ocorreu quando experimentei o Nuits-Saint-Georges de 1936, de Henri Gouges é que todos os vinhos que eu havia tomado antes eram como uma estopa. Aquele, ao contrário, parecia um papel de arroz finíssimo, que se desfaria num sopro. Nunca esqueci!

Compre o Nuits-Saint-Georges 2009 ou clique aqui para navegar pela nossa adega.

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br